Trocando em Miúdo: Regras para saques já estão valendo; hoje é último dia de expediente bancário

04:11 Economia, Programetes 28/12/2017 - 02h56 Brasília Embed

Apresentação de Eduardo Mamcaz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã!

 

O fim de ano para os bancos, pelo menos no lado de fora do chamado  balcão, para o cliente, termina nesta quinta-feira, dia 29.

 

Mas antes disso, tem mais coisas acontecendo. Vamos nessa.

 

Estou falando das novas regras para saque de dinheiro vivo dos bancos.

 

Já estão valendo, desde esta quarta-feira, dia 28, as regras para saque, em dinheiro vivo, acima de R$ 50 mil, no lugar dos R$ 100 mil, como acontecia até agora.

 

Resumindo a prosa.

 

Quem tirar acima de R$ 50 mil reais do banco, em dinheiro vivo, tem que avisar três dias antes e, atenção, o cliente tem que informar o banco onde pretende aplicar este dinheiro. É isto mesmo que você acaba de ouvir.

 

Tem que dizer pro banco onde você vai usar o seu dinheiro.

 


E por causa de que o banco quer saber o que eu vou fazer com o meu dinheiro sô? Simples.

 

Com a nova regra, o banco, ou instituição financeira, como se diz, tão logo o cliente peça o saque, três dias antes, e informe o motivo, em valor igual ou acima de R$ 50 mil, repetindo, em dinheiro vivo, pois na mesma hora o banco tem que informar isso para o Conselho de Controle de Atividades Financeiras, o Coaf que, em princípio, tenta evitar ações ilegais como a lavagem de dinheiro muito usada por corruptos, contrabandistas, gente da droga e tal.


 

Mas vamos em frente porque a nova regra não atinge só a pessoa que queira retirar dinheiro vivo do banco a partir de R$ 50 mil.

 

Ela atinge também o cartão pré-pago, em real ou em moeda estrangeira, o cheque administrativo ou qualquer transferência de fundos tipo TEC e DOC.

 

Basta ser igual ou acima de  R$ 50 mil.

 

No caso de cartão pré-pago, muito usado em viagens, se o depositado, em qualquer moeda, for o correspondente ou acima  de R$ 50 mil,  a instituição tem que informar o Coaf.

 

Mas anote aí. Se você tem vários cartões pré-pago, vale a soma de todos eles pelo mesmo CPF. Passou dos R$ 50 mil, já viu.

 

 

Falando em banco, mais uma coisinha.

 

O expediente bancário deste ano de 2017 acaba nesta quinta-feira, dia 28.

 

Depois, só no ano que vem.

 

Se tiver alguma conta vencendo nesses dias 29,30,31 e primeiro de janeiro, só vai pagar no ano que vem, mas sem multas, lógico.

 

De qualquer forma, tem os caixas eletrônicos.

 

E por causa de que? Simples.

 

Os bancos usam os últimos dias para fazer o balanço geral. Alcança pessoa aí.

 

É que na declaração do imposto de renda, lá em março, vai entrar a sua situação bancária, conta corrente, poupança, investimentos, dívidas e tal, vai entrar o que estiver, de fato, neste dia 31 de dezembro de 2017.

 

Pois que venha logo este tal de 2018.

 

Então, tá.


Inté e axé.

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.