Trocando em Miúdo: Ano passado, Dia dos Namorados movimentou R$ 11 bilhões; ouça de novo

03:57 Economia, Programetes 22/02/2018 - 02h06 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Eu já fui. Falei aqui. Me despedi. Tudo no certo. Mas até o fim do mês, atendendo apedidos, a gente repete aqui os melhores programas desses 10 anos em que tivemos esse contato próximo, pelo menos um contato econômico. Vamos nessa!

 

Noventa e dois milhões de pessoas amadas devem presentear o outro neste Dia dos Enamorados. Não é nada, não é nada, são R$ 11 bilhões movimentando e economia. Pois então. Dia dos Namorados. Presente. Acontece que, pela pesquisa, 44% dos ouvidos dizem que vão presentear sim, mas gastando menos do que no ano passado. Confirma, economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti?
 

Vamos em frente. Conversa para quem vai comprar presente para presentear, de preferência na surpresa, a pessoa amada, neste Dia dos Namorados, uma data que costuma vender quase tanto quanto o Dia das Mães.

 

Mas eu falei em dar o presente de surpresa. Tem uma coisa. Compro o presente pela internet. Tomo os cuidados. Acerto o prazo de entrega. Daí, chega o dia e nada do presente chegar. A pessoa vai aceitar a desculpa?

 

Coordenadora institucional da Proteste – Associação de Consumidores, Maria Inês Dolci. Dia dos Namorados. Se comprar pela internet, tome cuidado. Pode virar pesadelo. Prejuízo grande. Que cuidados são esses?

 

Pois então, tomara que você, pessoa enamorada, ganhe um bom presente. Até porque a economia agradece. Inclusive o governo. Se ganhar, digamos, uma garrafa de champanhe, 59,49% do que for pago é de imposto. Se for um perfume importado, imposto recolhido de 80% em cima do que a pessoa pagar pelo presente. Mas vale a pena. Dar ou receber.

 

Feliz Dia das Pessoas Enamoradas.

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programa é uma reprise de 09/06/17. A Radioagência Nacional vai publicar, até o fim do mês, as melhores edições dos últimos 10 anos do programa que, na última sexta-feira (16), se despediu do apresentador Eduardo Mamcasz.