Trocando em Miúdo: De olho na hora de começar a preencher a declaração do Imposto de Renda

05:04 Economia, Programetes 01/02/2018 - 07h38 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

Vamos começar, outra vez, uma prosa que a pessoa aí está deixando para depois do carnaval quando já podia estar cuidando até antes do Natal. Adivinhe só do que se trata? Não sei se vale a pena lembrar, mas não tem como fugir dela. Dúvidas no preenchimento da declaração do Imposto de Renda. Está lembrado disso? Então, vamos nessa.

 

Para manter a tradição, quem conversa com a gente, igual aconteceu nos outros anos, muita gente mandou dúvidas para o e-mail emconta@ebc.com.br, é o secretário de finanças do Sindireceita, Francisco Pinto de Souza. Então, lápis e papel, a pasta da declaração do ano passado por perto e começando por onde? Lógico, só vale o que a pessoa teve de despesa, lucro, rendimento até o dia 31 de dezembro de 2017.

 

Acontece que tem duas coisas, pelo menos, que o contribuinte depende dos documentos, que costumam ser liberados só lá no fim deste fevereiro, em cima da hora de começar a entregar a declaração para a Receita Federal, nos meses de março e abril. Primeiro, analista tributário Francisco Pinto de Souza. O relatório pessoal do banco. Como é isso?

 

Prezado analista tributário Francisco Pinto de Souza, do Sindireceita. Obrigado pela sua sempre importante participação. Agora, tem outro relatório que o contribuinte precisa sempre esperar, até para comparar. Trata-se da declaração de rendimentos da empresa onde trabalha, aí contando quanto foi retido de Imposto de Renda, todo mês, em cima do seu salário. Tem que esperar e comparar. É isso mesmo?

 

Tem mais dúvidas ainda em cima de declaração do Imposto de Renda, dia 1º de março já ponde mandar, pela internet, para a Receita Federal. Só mais uma. De um lado, os ganhos. Do outro, os gastos. No meio, as dívidas. Como exemplo, no carro. Vendi um, comprei outro. E aí, analista?

 

Não falei que ia começar tudo de novo? Tem mais dúvida e recomendação nesta fase de preparação antes de preencher a declaração do Imposto de Renda. Mas a chefia lembra que hoje o tempo acabou. Sem problema. Amanhã, e nos próximos dias, a gente continua em cima disso.

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.