Trocando em Miúdo: A turma da floresta e da roça também faz parte da economia

04:13 Economia, Programetes 20/02/2018 - 02h30 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Terminada a Copa do Mundo, começada a Campanha Eleitoral, me permita então, prezada pessoa ouvinte cidadã, apresentar a nova equipe deste nosso Trocando em Miúdo, que está indo para os sete anos de vida. Obrigado pela boa companhia.


Primeiro, a linha de frente. O Cachorro Prestativo, o Jegue Manhoso, o Papagaio Beato e a Galinha Caipira. Aqui não existe racismo e nem qualquer forma de racionamento, desculpe, discriminação por qualquer motivo, seja lá o que for. Tá rindo de que, seu burro? E já entra na conversa a dona Caipira. Pode falar.


De grão em grão, a galinha enche o papo. Isto é poupança, minha gente. Poupança que, segundo os últimos dados do Banco Central, teve mais retirada do que depósito nestes dias de Copa do Mundo. Ô pessoal burro, entra na conversa o jumento, que está sendo trocado, no Norte e Nordeste, pela turma da motoboy. Acontece que, com isto, o Brasil já está exportando carne de jegue. Muda o rumo da prosa! Tá bom...


Me permita, prezada pessoa ouvinte cidadã, apresentar o restante do time. Todos eles falam. É verdade, mas, por enquanto, eu sou o porta-voz deles. E com você, o Coronel Tubarão, cheio da grana. Ele me trouxe o estudo da ONU dizendo que São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, é a cidade do Brasil onde existe a maior diferença entre ricos e pobres. Com a gente, a Formiga Operária. Alguma coisa para falar? Sim. Reforma agrária de novo. Mais terra para os formigueiros. Se a formiguinha aí faz parte da equipe, eu também tenho direito. E quem és? Eu sou a Cigarra Festiva. Bem-vinda. Eu também. Nome. Abelha Zangão, o defensor da Colmeia. Exijo árvores sadias. Vamos em frente que esta nova turma promete. Já tô vendo...


Entrando outro destaque da nova equipe aqui do Trocando em Miúdo. A Vaca Dadivosa. O Brasil é o maior produtor de carne bovina do mundo. Exportamos, inclusive, gado vivo. E o bezerro nasce de onde? Da barriga aqui da vaquinha, elemento muito importante do agronegócio. Seja bem-vindo à equipe, meu caro Coelho Apressado. Veio com quem? Eu sou o índio que virou pássaro que roubou o fogo. Não tem nome não? Índio Japuaçu. Tá legal. Ih. Acaba de chegar a turma da Amazônia, hoje o tempo está acabando, seu Mapinguari, o dono da floresta, ao lado do Guia Curupira e do Boto Levado. E, pousando em cima do laço, o Corvo Sabido, com um livro debaixo do braço, quer dizer, da asa. Que livro é esse? Revolução dos Bichos, do Jorge Orwell. Posso ler um pedaço?

 

Então, tá. Inté e Axé.
 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Este programa é uma reprise de 14/07/14. A Radioagência Nacional vai publicar, até o fim do mês, as melhores edições dos últimos 10 anos do programa que, na última sexta-feira (16), se despediu do apresentador Eduardo Mamcasz.