Remédios estão até 2,8% mais caros

01:34 Economia, Notícias 02/04/2018 - 14h59 Brasília Embed

Mariana Martins

Todo ano, no final do mês de março, o preço dos medicamentos sofre reajuste. Em 2018, apesar do aumento do salário mínimo ter sido de apenas 1,8%, o reajuste dos medicamentos chegou a 2,8%.


O aumento do preço dos remédios é  feito pelo governo, por meio da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão interministerial responsável por regular o mercado e estabelecer critérios para a definição e o ajuste de preços.


Nem todos os remédios recebem o mesmo percentual, os aumentos variam de 2% a 2,8%.


Seu Darcy Cavalcanti, aposentado de 85 anos, que teve R$ 17 de aumento no salário este ano agora terá que pagar mais pelos medicamentos.


O cálculo para se chegar ao valor do reajuste, que é feito anualmente, tem como base o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, e a produtividade do setor farmacêutico.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique