Reajuste de 2,06% relativo a tarifa extraordinária na conta de água do DF é suspenso

01:05 Economia, Notícias 12/05/2018 - 13h44 Brasília Embed

Kariane Costa

O reajuste na conta de água no Distrito Federal foi suspenso pelo diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa), Paulo Salles.

 

A medida foi tomada após o recurso da Procuradoria-Geral do Distrito Federal, que passaria a valer a partir de 1º de junho.

 

Mas a suspensão só atinge o aumento de 2,06%, que é correspondente a uma tarifa extraordinária.

 

O restante dos 2,99% anunciados no último dia 30 é composto pelas perdas inflacionárias. Esse reajuste continua de pé.

 

Na prática, até que a diretoria colegiada tome uma decisão sobre o mérito do recurso, o aumento está suspenso. A data da reunião não foi anunciada ainda pela Adasa.

 

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) já foi notificada e informou que vai seguir a determinação do GDF de não aplicar o reajuste de tarifa.