Mais de 47 mil vagas de trabalho foram criadas em julho

01:35 Economia, Notícias 22/08/2018 - 20h32 Brasília Embed

Anna Luisa Praser

O Brasil fechou o mês de julho com saldo positivo de vagas de trabalho: um total de 47.319. Este número é a diferença entre a criação de postos de emprego, que teve um total de 1 milhão 219 mil e 187 vagas e o número de desligamentos – um total de 1 milhão 171 mil e 868.

 

Este foi o melhor resultado para os meses de julho desde 2012, ano em que foram abertos mais de 142 mil empregos com carteira assinada.

 

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged, divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho.

 

Ainda de acordo com o Caged, o crescimento do número de trabalho com carteira assinada foi registrado em quase todos os setores, as exceções são comércio e administração pública.

 

O segmento que mais empregou em julho foi a agricultura, com a abertura de 17.455 novos postos, seguida pelo setor de serviços, que gerou um total de 14.548 empregos.

 

O setor de comércio fechou 249 postos de trabalho ao longo do mês, enquanto na administração pública foram encerradas 1.528 vagas.

 

O estado que liderou o ranking da geração de emprego em julho foi São Paulo, seguido por Minas Gerais e Pará.

 

Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Pernambuco tiveram saldo negativo de postos de trabalho, o que significa um registro maior de demissões do que admissões durante o mês de julho.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique