Percentual de famílias com dívidas apresenta a primeira alta do ano em julho

01:24 Economia, Notícias 02/08/2018 - 19h11 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, da CNC- Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo aponta que o percentual de famílias com dívidas alcançou 59,6% em julho, apresentando alta em relação aos 58,6% observados em junho. 

 

Porém, houve redução na comparação anual, quando o indicador alcançou 60,2% do total de famílias.O estudo mostra que a proporção das famílias com dívidas ou contas em atraso se manteve estável em 23,7%, registrados também no mês de junho.

 

Entretanto, houve queda do percentual de famílias inadimplentes em relação a julho de 2017, que havia alcançado 25,5% do total.O percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes também ficou estável em 9,4% entre junho e julho de 2018, apresentando queda em relação aos 9,9% de julho de 2017.

 

Segundo a economista da CNC Marianne Hanson,  esses números refletem um ritmo menor de recuperação do consumo das famílias e maior cautela na contratação de novos empréstimos e financiamentos.

 

A principal forma de dívida ainda é o cartão de crédito, seguido dos carnês e do financiamento de carro. Mais de 20% das famílias endividadas afirmam ter mais da metade da sua renda mensal comprometida com o pagamento de dívidas. A pesquisa entrevistou cerca de 18 mil consumidores em todas as capitais dos estados e no Distrito Federal.