Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria recua no terceiro trimestre

01:51 Economia, Notícias 18/09/2018 - 13h14 Brasília Embed

Cynthia Cruz

O Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 3,1 pontos no terceiro trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior.

 

Com a segunda queda consecutiva, o indicador atingiu 113 pontos em uma escala de zero a 200, o menor nível desde o terceiro trimestre do ano passado que marcou 105,1 pontos.

 

O indicador busca antecipar as tendências econômicas no país a partir da expectativa de investimento das indústrias.

 

Apesar da queda, o indicador se mantém acima dos 100 pontos, nível em que a proporção de empresas que preveem investir mais nos próximos 12 meses supera a parcela daquelas que pretendem investir menos.

 

Entre o segundo e o terceiro trimestres deste ano, houve redução na proporção de empresas que preveem investir mais, de 28,9% para 28,3%, e aumento das que preveem investir menos, de 12,8% para 15,3%.

 

Já as empresas que têm certeza de que vão executar seu plano de investimentos foi de 27,5%, ficando abaixo da parcela de 31,9% de empresas que estão incertas.

 

De acordo com o economista Aloisio Campelo Jr., a redução do ímpeto de investimento das indústrias é mais um sinal de perda de fôlego da economia neste ano.

 

Segundo nota da Fundação Getúlio Vargas, o resultado geral da pesquisa reforça o cenário de instabilidade que vinha se desenhando nos trimestres anteriores.

 

* Com informações da Agência Brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique