Preço da gasolina volta a subir nas refinarias; moradores do DF reclamam

02:29 Economia, Notícias 13/09/2018 - 20h35 Brasília Embed

Leandro Martins

Os motoristas do DF estão insatisfeitos com o preço dos combustíveis, e ainda precisam se preparar para outro reajuste. É que a Petrobras anunciou novo aumento nesta quinta-feira. O preço nas refinarias passará de 2 reais e 20 centavos para 2,22, valor recorde do produto, que já tinha subido 8 centavos no dia 5 deste mês; e 33 centavos nos últimos 30 dias.


Nos postos da região central de Brasília, o preço da gasolina comum oscila de 4,69 a 4,89. No Lago Norte, esse preço é semelhante, de 4,68 a 4,78. Na Asa Sul, um pouquinho menos: 4,57 a gasolina comum, e a 4,89 a aditivada. No SIA, varia de 4,64 a 4,74. Na EPTG, abaixa um pouquinho, e se encontra gasolina comum a 4,49, no dinheiro ou no cartão de débito. A gasolina aditivada mais barata encontrada pela reportagem nesta quinta-feira à tarde estava na EPTG: 4,64.


Para a massoterapeuta Maria Aparecida, que se desloca com o carro várias vezes por dia, está complicado rodar com o preço dos combustíveis:

 

José Paulo, motorista de Uber, gasta entre 300 e 400 reais por mês de combustível. Ele sempre procura por preço melhor, mas não vem encontrando muita diferença no DF:


Apesar de não ter sido aumentado pela Petrobrás, o preço do etanol, ou álcool combustível, sobe igualmente nos postos. A reportagem encontrou, em apenas um posto, no centro de Taguatinga, álcool abaixo de três reais: 2,99 o litro. Naturalmente, tinha fila de veículos para abastecer ali. No resto do DF, o combustível é vendido a até 3,39 - 40 centavos de diferença! Embora o consumo do etanol seja maior, conforme a diferença de preço pode valer a pena. E tem sido a opção do motorista de Uber Rogério Souza, que reclama dos custos para trabalhar:

 

Segundo a Petrobras, a majoração de preços segue a cotação internacional do produto. Ainda de acordo com a estatal, o diesel não teve aumento nas refinarias nesta vez, ficando em 2,29 o litro, mesmo valor desde 31 de agosto.