Analistas avaliam que mercado financeiro deve se manter otimista até dezembro

02:40 Economia, Notícias 30/10/2018 - 14h14 São Paulo Embed

Nelson Lin

O mercado financeiro reagiu aos humores do primeiro dia pós-eleições. A Bolsa de Valores de São Paulo, que abriu o pregão com 3% de alta, encerrou o dia em queda de 2,24%. Já o dólar, que abriu a 3 reais e 60 centavos, passou a 3 reais de 70 centavos no fechamento, alta de 1,4%.

 

 

O resultado dessa segunda foi atribuído à realização de lucros dos operadores, ou seja, venda de ações que rapidamente se valorizam.

 

 

Para os analistas ouvidos pela reportagem, o clima do mercado financeiro para os próximos meses é de otimismo, apesar a oscilação do primeiro dia.

 

 

Na avaliação de Rafael Panonko, chefe de análise da Toro investimentos, o cenário de otimismo deve se manter se a equipe de Jair Bolsonaro conseguir ambiente favorável para a aprovação de uma reforma da Previdência.

 

 

Já André Perfeito, economista chefe da corretora Spinelli, afirmou que esse otimismo no mercado deve se manter pelo menos até dezembro, na medida em que os planos econômicos de Bolsonaro e a montagem de sua equipe econômica forem se concretizando.

 

 


Ainda segundo os dois analistas, as ações de estatais devem se manter em alta nos próximos dias se confirmados os planos de desestatizações e privatizações das empresas.

 

 

Mas André Perfeito ressalta que as informações respeito do destino das estatais ainda são conflitantes.

 

 


Nesta terça (30), a bolsa abriu estável em torno de 83 mil pontos e o dólar subiu 0,26% cotado a R$ 3,71.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique