Previdência: Paulo Guedes defende reforma atual, mas não descarta mudanças no futuro

01:32 Economia, Notícias 30/10/2018 - 17h22 Rio de Janeiro Embed

Tâmara Freire

O economista Paulo Guedes  cotado para o ministério da Economia, superpasta resultante da fusão da Fazenda com o Planejamento e a Industria e Comércio Exterior defendeu a aprovação da reforma da Previdência elaborada pelo governo Temer que pode ser votada no Congresso ainda este ano.


Mas, de acordo com ele, isso não descarta a elaboração de uma nova reforma durante o governo de Jair Bolsonaro .

 

O coordenador econômico da campanha de Bolsonaro afirmou ainda que vai tornar o Banco Central independente e que o presidente do órgão terá mandato de 4 anos, não coincidente com o do presidente da República . Por isso, de acordo com ele, seria natural a permanência de Ilan Goldfajn na presidência do órgão .


Paulo Guedes participou nesta terça-feira (30) de uma reunião com Bolsonaro e outros aliados do presidente eleito para tratar da transição e da composição do novo governo. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique