Participação de SP e RJ no PIB nacional tem queda entre 2002 e 2016; Amazônia e semiárido cresceram

02:00 Economia, Notícias 14/12/2018 - 19h13 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

A participação de São Paulo e Rio de Janeiro no Produto Interno Bruto (PIB) nacional caiu de 19% para 16,2%, entre 2002 e 2016.

 

Ainda assim, as duas capitais permanecem como o primeiro e o segundo maiores PIBs do país, respectivamente.

 

Os dados são da publicação PIB dos Municípios 2016, divulgada nesta sexta-feira (14) pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Por outro lado, de acordo com a pesquisa, a participação dos municípios da Amazônia Legal no PIB do país cresceu de 6,9%, em 2002, para 8,6%, em 2016.

 

O Semiárido também aumentou sua participação, indo de 4,5% para 5,1% nesse período. Juntas essas duas regiões responderam por 13,7% do PIB em 2016.

 

Segundo o IBGE, a capital paulista perdeu 1,7 ponto percentual de participação desde 2002, por motivos relacionados à perda de unidades da indústria de transformação.

 

 No caso do Rio de Janeiro, a perda no período foi de 1,1 ponto percentual devido a queda na participação do estado na indústria do petróleo a partir da década de 2000.

 

De acordo com o IBGE, a capital fluminense também perdeu participação, principalmente, no setor financeiro, comunicação e informação, o que repercute na atividade comercial.

 

Já Osasco (SP) ganhou 0,4 ponto percentual de participação entre 2002 e 2016, o maior aumento do período, subindo da 16ª para a 6ª posição no ranking dos municípios. 

 

Segundo o IBGE,  o que fez Osasco subir em participação foram os serviços financeiros já que a cidade  é a sede de um grande banco.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique