PIB fecha 2018 com 1,1% de crescimento

02:08 Economia, Notícias 28/02/2019 - 13h15 Rio de Janeiro Embed

Tâmara Freire

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 1,1% em 2018 chegando a R$6,8 trilhões. Este foi o segundo resultado positivo consecutivo e repetiu a mesma taxa de alta verificada em 2017, quando interrompeu dois anos seguidos de queda.

 

O setor de serviços foi o que mais contribuiu para o avanço já que respondeu por quase 76% de todo o PIB. A alta geral de 1,3% refletiu as taxas positivas verificadas em todas as sete atividades pesquisadas.

 

Os destaques foram as atividades imobiliárias, que cresceram 3,1%, e o comércio, com aumento de 2,3%. De acordo com os pesquisadores do IBGE, essas atividades foram beneficiadas por um mercado mais estabilizado, aliado à inflação mais controlada e pelo desemprego ligeiramente menor verificado em 2018.

 

A agropecuária se manteve praticamente estável, com variação de 0,1% com relação ao ano anterior. Ainda assim o resultado é considerado positivo já que 2017 foi um ano de safra recorde.

 

Já a indústria cresceu 0,6%, o que aponta de acordo com o instituto sinais de recuperação, embora o setor ainda seja prejudicado pelas quedas nas demandas por exportação. Os destaques foram as atividades de eletricidade e gás, água, esgoto e gestão de resíduos, que subiram 2,3%.

 

Pela ótica da demanda, o IBGE também mediu avanço de 15% na taxa de investimento de 2017 para 2018 e de 14,3% na taxa de poupança, que totalizou mais de R$ 990 bilhões.

 

A despesa de consumo das famílias também cresceu 1,9% em relação a 2017, também em decorrência na ligeira melhora dos indicadores de inflação, juros, crédito, emprego e renda. Mas a despesa do consumo do governo, por sua vez, ficou estável.

 

* Matéria corrigida às 17h15 de 28/02/19. Ao contrário do informado anteriormente, o PIB chegou a quase R$7 trihões e não a quase R$10 trilhões. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique