Imposto de Renda 2019: saiba as condições para deduzir gastos com previdência complementar

01:14 Economia, Spots 15/03/2019 - 12h12 Brasília Embed

Spot

As deduções relativas às contribuições para entidades de previdência complementar e socidades seguradoras domiciliadas no Brasil, inclusive, Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), e destinadas a custear benefícios complementares aos da Previdência Social, cujo ônus seja da própria pessoa física, ficam condicionadas ao recolhimento, também, de contribuições para o Regime Geral de Previdência Social ou, quando for o caso, para regime próprio de Previdência dos servidores titulares de cargo efetivo da União, dos Estados, dos Distrito Federal ou dos municípios, observada a contribuição mínima.

 

Excetua-se a essa regra o beneficiário de aposentadoria ou pensão concedidas por regime próprio de previdência ou pelo regime geral de previdência social.

 

As dicas são do professor Deypson Gonçalves Carvalho, do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique