Índice que mede reajuste do aluguel registra inflação de 6,44% em 12 meses

01:55 Economia, Notícias 11/06/2019 - 12h40 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

A primeira prévia de junho do IGP-M, o Índice Geral de Preços de Mercado, que é usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou alta de 0,73%.

 

A taxa é superior a registrada na primeira prévia de maio, de 0,58%. Com o resultado de junho, o IGP-M acumula inflação de 6,44% em 12 meses, conforme os dados divulgados nesta terça-feira (11) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

 

Na avaliação do economista André Braz, coordenador do Índice de Preços ao Consumidor, da FGV, a alta do IGP-M na primeira prévia de junho deve-se ao avanço do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que tem maior peso na composição do IGP-M.

 

Segundo ele, a alta do IPA foi puxada pelo aumento dos preços da soja, do milho e do minério de ferro.

 

No entanto, Braz acredita que o efeito do avanço do IPA vai perder força, já que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem maior influência na cesta das famílias está com as taxas em queda.

 

Ainda de acordo com André Braz, a expectativa é que o IGP-M desacelere nos próximos meses e termine o ano com uma taxa acumulada um pouco acima de 4%.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique