Prévia da inflação fica em o,o6% em junho, menor taxa para o mês em 13 anos

01:42 Economia, Notícias 25/06/2019 - 11h31 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

A prévia da inflação oficial medida pelo IPCA-15, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15, teve desaceleração em junho,  provocada principalmente pela queda dos preços dos produtos do grupo alimentação e bebidas.

 

O índice, calculado entre os dias 16 do mês passado e 12 deste mês, fechou o período em 0,06% e foi o menor para o mês de junho desde 2006.

 

A taxa manteve sua tendência de queda e foi inferior às registradas nas prévias de maio deste ano, que foi de 0,35%, e de abril, que chegou a 0,72%.

 

Já a taxa anualizada do IPCA-15, com as últimas 12 prévias calculadas, está em 3,84%, abaixo dos 4,93% registrados na soma das 12 prévias anteriores a julho do ano passado.

 

Com o resultado de junho, a prévia da inflação acumulada em 2019 chegou a 2,33%.

 

Os produtos que mais pressionaram o IPCA-15 para baixo em junho foram feijão-carioca, tomate, feijão-mulatinho, batata-inglesa, feijão-preto e frutas, que tiveram queda nos preços no período pesquisado.

 

Por outro lado, pressionaram a taxa para cima as despesas com habitação, que ficaram mais caras, principalmente devido aos aumentos da tarifa de energia elétrica e dos preços do gás encanado e do gás de botijão.

 

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (25) pelo IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique