Transportadores debatem com o governo reformulação da tabela de frete mínimo

01:52 Economia, Notícias 24/07/2019 - 17h13 Brasília Embed

Dayana Vítor

Desde o começo desta semana, o governo federal trabalha para evitar uma nova greve dos caminhoneiros. Nesta quarta-feira, durante cerca de duas horas, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, esteve reunido com representantes dos transportadores em Brasília.

 

Eles debateram uma nova tabela de fretes para o transporte de cargas, já que a última foi suspensa, após insatisfação dos caminhoneiros. Os motoristas ameaçaram parar as atividades novamente, como ocorreu em maio de 2018.

 

Logo após a reunião, representantes da CNT- Confederação Nacional dos Transporte e da CNA - Confederação Nacional da Agricultura - afirmaram que todas as categorias envolvidas no transporte de cargas estão conversando para chegar a um consenso sobre uma nova tabela de frete.

 

Ainda nesta tarde, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, irá se reunir com representantes dos caminhoneiros. A previsão é de que cerca de 150 profissionais falem diretamente com o ministro.

 

A insatisfação da categoria começou no dia 20 deste mês, quando uma nova tabela para o transporte de cargas elaborada pela ANTT- Agência Nacional de Transportes Terrestres e a Esalg- Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP- Universidade de São Paulo, começou a vigorar.

 

No começo da semana, a ANTT suspendeu a resolução, devido a insatisfação dos caminhoneiros com alguns pontos. Entre eles, o valor do frete e o piso. Outro ponto que gerou insatisfação da categoria foi a exclusão dos pedágios pagos pelos caminhoneiros no cálculo do piso da categoria.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique