Governo sobe previsão do PIB para 0,85%; IPCA esperado cai para 3,6%

02:03 Economia, Notícias 10/09/2019 - 16h00 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

A previsão de crescimento do PIB feita pelo governo subiu ligeiramente de 0,81% para 0,85% em 2019. O novo cálculo foi divulgado nesta terça-feira pelo Ministério da Economia. Na última previsão, divulgada em julho, o governo havia reduzido pela metade a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto para este ano de 1,6% para 0,81%.

 

Já a previsão da inflação medida pelo IPCA sofreu uma queda de 3,8 para 3,6% neste ano. O secretário de Política Econômica do governo, Adolfo Sachsida, defende que a partir de setembro a economia dará sinais de crescimento de longo prazo.

 

“A partir de setembro vamos poder observar com mais consistência uma retomada, passo a passo, da recuperação da economia brasileira. É claro que as mudanças não se dão do dia para a noite e nem são saltos, ela são passo a passo, mas a partir de setembro, em uma direção consistente de recuperação”.

 

O secretário, contudo, alerta sobre os fatores de risco para a retomada do crescimento.

 

“Contudo, três desafios nos esperam: baixa produtividade, cenário fiscal deliciado e uma conjuntura internacional que mostra queda no crescimento de vários países ao redor do mundo”.

 

A previsão do Ministério é de que a economia mundial deve se retrair 0,61 pontos percentuais no acumulado de 2019 e 2020. Para equilibrar as contas públicas, em déficit desde 2014, a Secretaria de Política Econômica defende o corte de gastos obrigatórios somado a privatizações.

 

A Secretaria ainda aponta que a liberação de saques do FGTS terá impacto acumulado de 0,35 pontos percentuais nos PIBs de 2019 e 2020.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique