Ipea mantém previsão de alta do PIB neste ano e reduz projeção para 2020

03:10 Economia, Notícias 26/09/2019 - 19h48 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O Ipea, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, manteve a expectativa de crescimento da economia brasileira em 0,8% para este ano e reduziu a projeção para 2020, de 2,5% para 2,1%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, pelo Grupo de Conjuntura do instituto.

 

A demora na recuperação da confiança da indústria, cuja produção deve cair 0,2% este ano e a piora no cenário internacional foram os motivos para a revisão da expectativa do PIB do ano que vem, segundo avaliação do diretor de Macroeconomia do Ipea, José Ronaldo de Souza Júnior.

 

A projeção da Inflação de 2019 também foi revista de 3,9% para 3,55%. Para 2020, o prognóstico se mantém em 3,9%. A taxa básica de juros (Selic) deve encerrar o ano em 4,75%, segundo a previsão do Ipea, e retornar a 5% até o fim do ano que vem. Para José Ronaldo de Castro Souza Júnior, a economia brasileira está numa retomada lenta, que pode se intensificar, com as medidas de ajuste fiscal, como a reforma da previdência.

 

Pelas projeções do IPEA, este ano o setor de serviços deve ter um crescimento de 1,2%, enquanto a agropecuária de 0,9%. Para 2020, a previsão é que a indústria cresça 1,6%, enquanto agropecuária e serviços avancem 2,2%.

 

Os dados fazem parte da Carta de Conjuntura do terceiro trimestre. A carta constata um crescimento de 1% nos investimentos no mês de julho, puxado pela construção civil e a produção de máquinas e equipamentos.

 

Os pesquisadores responsáveis pelo documento produziram também uma nota técnica em que consideram que a manutenção do teto de gastos públicos é fundamental para a retomada da economia de forma sustentável.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique