FGV: Índice de Confiança da Indústria recua em outubro

01:59 Economia, Notícias 29/10/2019 - 16h36 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

Os empresários da indústria brasileira demonstraram, neste mês de outubro, que estão ainda mais cautelosos em relação ao futuro. Este cenário é retrato do Índice de Confiança da Indústria, referente a outubro, e divulgado nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas.


O ICI recuou 1,0 ponto na comparação com o mês anterior, atingindo 94,6 pontos, o menor valor desde outubro de 2018, quando ficou com 94,2 pontos.


Os Índices de Situação Atual e de Expectativas, que compõe o ICI, registraram queda em outubro, sendo que a maior influência negativa veio do Índice de Expectativas, que registrou o menor valor desde julho de 2017.

 

A economista da FGV, Renata de Mello Franco, avalia que este resultado é preocupante, pois significa que o setor está morno e que os empresários aumentaram suas desconfianças para os próximos meses.

 

“Eu acredito que a indústria precisa de políticas direcionadas efetivamente ao setor produtivo, como a reforma tributária, que não está claro ainda o que o governo vai fazer em relação a isso. E ainda temos os mesmos problemas que a gente já vem falando há alguns meses, como a desaceleração da economia mundial. Tem ainda muita instabilidade internacional causada pela guerra comercial entre a China e os Estados Unidos. E o resultado das eleições na Argentina acende uma luz amarela para os empresários, porque o cenário ainda é de incerteza para os próximos meses”.

 

A economista destaca que em outubro, a confiança dos empresários caiu em dez dos 19 segmentos industriais pesquisados. O ICI mostra, ainda, que o setor deve manter o mesmo nível de produção nos próximos três meses, e que aumentou a proporção de empresas que vão diminuir o número de pessoal ocupado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique