Produção industrial cresce em 11 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE

02:02 Economia, Notícias 08/10/2019 - 11h34 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

A produção da indústria cresceu em 11 dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na passagem de julho para agosto. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal Regional, divulgada nesta terça-feira (8), os maiores avanços foram no Amazonas, com alta de 7,8% e no Pará, com 6,8%.

 

No Amazonas, o resultado foi influenciado pelo aumento na produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos, especialmente televisores, na Zona Franca de Manaus.

 

Já no Pará, segundo a pesquisa do IBGE, a alta expressiva veio da atividade extrativa, que representa cerca de 88% da atividade industrial do estado. O setor sofreu perdas após o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, em janeiro.

 

Embora localizadas em outro estado, as unidades produtoras de minério paraenses precisaram paralisar a produção para realizar medidas de segurança e de proteção ao meio ambiente.

 

São Paulo, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Minas Gerais também cresceram acima da média nacional de 0,8%.

 

Ainda com taxas positivas aparecem o Paraná, Região Nordeste e Goiás.

 

A pesquisa mostra que a queda mais intensa, de 3,4%, foi no Rio Grande do Sul. Os demais resultados negativos foram em Santa Catarina, Espírito Santo e Bahia.

 

Em relação a agosto de 2018, oito localidades apresentaram queda, com destaque para o recuo de 16,2% do Espírito Santo, e sete tiveram alta. Os destaques foram Pará, com 13%, e Amazonas, com 12,8%.

 

No acumulado do ano, nove locais tiveram queda, sendo a maior delas no Espírito Santo, de 12,8%.

 

Já no acumulado de 12 meses, dez locais tiveram queda, e cinco registraram taxas positivas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique