Prévia da inflação de outubro registra 0,09%, menor resultado para o mês desde 1998

02:07 Economia, Notícias 22/10/2019 - 12h30 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

Pelo terceiro mês consecutivo, os preços ficaram estáveis e a prévia da inflação em outubro registrou 0,09%. 

 

O resultado do Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA-15, foi o menor para um mês de outubro desde 1998, quando a taxa foi de 0,01%.

 

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (22) pelo IBGE. O IPCA- 15 acumula alta de 2,69% no ano e 2,72% nos últimos doze meses.

 

A principal influência na inflação foi o grupo de despesas saúde e cuidados pessoais, que teve a maior variação, 0,85%, entre os nove grupos pesquisados. Os itens de higiene pessoal e produtos farmacêuticos foram os que mais tiveram alta.

 

As despesas com Transportes também ficaram mais caras, passando de 0,09% para 0,35% sobretudo pelo aumento dos preços da gasolina, que havia apresentado ligeira queda em setembro e em outubro registrou alta de 0,76%.

 

Os preços do óleo diesel, etanol e gás veicular também subiram, o que levou o subgrupo combustíveis a uma alta de 0,77%.

 

A queda nos preços do grupo alimentação e bebidas, principalmente alimentação no domicílio, contribuiu para equilibrar o resultado.

 

A deflação foi de 0,25%, com destaque para a cebola, a batata inglesa e o tomate, que continuaram a trajetória de queda nos preços dos últimos meses, embora menos intensa. 

 

Os gastos com habitação também ficaram menores principalmente por conta da queda na tarifa de energia elétrica. Outro grupo com queda foi o de artigos para residência.

 

Entre as 11 regiões pesquisadas, apenas três apresentaram deflação, Fortaleza, Recife e Curitiba.

 

O  maior índice ficou com a região metropolitana de Belém, seguido por Goiânia, Salvador e Brasília.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique