Espaço de lazer próximo a Estádio Nacional, em Brasília, começa a ser construído em 2020

03:41 Economia, Notícias 14/11/2019 - 13h31 Brasília Embed

Beatriz Albuquerque

830 mil metros quadrados e R$ 500 milhões em investimentos. Esses são alguns números do novo espaço de lazer da cidade, o chamado Boulevard Monumental.

 

As obras devem começar já no ano que vem e a primeira etapa deve ficar pronta em 2022.

 

O complexo vai funcionar na área próxima ao Estádio Nacional de Brasília e aos Ginásio Nilson Nelson e Cláudio Coutinho.

 

O Boulevard vai contar com 20 salas de cinema, casas noturnas, restaurantes, academias, quadras esportivas, escritórios e clínicas.

 

A ideia é que seja um espaço que atenda moradores e turistas em todos os dias da semana, de dia e de noite.

 

O Governo do Distrito Federal concedeu a construção do Boulevard a uma empresa que está gerenciando toda a organização e implementação. Para escolher o melhor projeto, foi realizado um concurso que já tem os 3 finalistas. O vencedor deve ser conhecido até o fim de dezembro e vai receber R$5,2 milhões como prêmio.

 

Luis Otávio, coordenador do concurso, organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, explica que o espaço vai ser totalmente aberto e integrado.

 

Para ele, a ideia é qualificar o entorno do estádio e transformar o local no coração da vida noturna e do turismo na cidade.

 

E para quem está se perguntando se esse projeto fere o tombamento de Brasília, Luis Otávio garante que tudo será feito para manter o projeto original da cidade e todas as providências jurídicas já foram tomadas.

 

Os serviços que hoje são oferecidos à população no complexo de piscinas do estádio Cláudio Coutinho não serão interrompidos.

 

Richard de Bois, presidente do Arena Bsb, concessionária contratada pelo GDF para construção e administração do espaço, garante que não haverá nenhum impacto negativo para população com as obras e que os custos do funcionamento dessas atividades passam a ser da concessionária.

 

O Ginásio Nilson Nelson deve ser demolido assim que outro, mais moderno, for construído no local.

 

As obras devem começar em junho do ano que vem e o complexo ficará todo pronto em 2024. 

 

O prazo da outorga será de 35 anos contados a partir de janeiro de 2020.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique