Índice usado no reajuste do aluguel varia 0,30% em novembro

02:05 Economia, Notícias 28/11/2019 - 16h13 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

O IGP-M, Índice Geral de Preços–Mercado, usado como referência para o reajuste de contratos de aluguel variou 0,30% em novembro, menos da metade da taxa apurada em outubro, de 0,68%, mas superior ao 0,49% registrado em novembro do ano passado.

 

Os dados divulgados nesta quinta-feira (28), pela Fundação Getulio Vargas (FGV), apontam que o recuo no IGP-M de novembro foi puxado pelos preços no atacado, pois o IPA, o Índice de Preços ao Produtor Amplo, que tem o maior peso na composição do IGP-M, passou de uma alta de 1,02% em outubro para 0,36% em novembro, devido principalmente a queda nos preços do minério de ferro e do diesel.

 

O único ponto de aceleração do IPA foi a alta nos preços da carne bovina.

 

Para o economista da FGV, André Braz, no mês de dezembro a tendência é de alta das taxas, tanto do IGP-M quanto do IPC, o Índice de Preços ao Consumidor, devido a desvalorização cambial e a alta de um conjunto de preços administrados.

 

Com este resultado de novembro , o IGP-M acumula alta de 5,11% no ano e de 3,97% nos últimos 12 meses. Em novembro de 2018, o índice caiu 0,49% no mês e acumulava alta de 9,68%, em 12 meses.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique