Autoridades brasileiras e americanas conversam nos EUA sobre anúncio de Trump

01:46 Economia, Notícias 02/12/2019 - 21h33 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A segunda-feira foi de articulação em Brasília, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar que voltaria a taxar o aço e o alumínio do Brasil e da Argentina.


No fim da manhã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, se reuniu com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. À tarde, Guedes foi duas vezes até o Palácio do Planalto, encontrar o presidente Jair Bolsonaro. Nenhum deles falou com a imprensa.


Coube ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a tarefa de comentar como o governo recebeu a notícia da taxação.

 

Em nota, o governo informou que vai trabalhar para defender o interesse comercial brasileiro e assegurar a fluidez do comércio com os Estados Unidos. O objetivo é ampliar o intercâmbio comercial e aprofundar o relacionamento bilateral, em benefício dos dois países.


De acordo com Ernesto Araújo, por enquanto o presidente Jair Bolsonaro não deve entrar em contato direto com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump. O ministro informou que, mesmo assim, autoridades brasileiras e americanas estão em contato na capital dos Estados Unidos.

 

As declarações do ministro Ernesto Araújo ocorreram no Palácio do Planalto, logo depois da apresentação da campanha publicitária do programa Pátria Voluntária, lançado em junho. A cerimônia também celebrou o Dia Internacional do Voluntário, comemorado em 5 de dezembro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique