Três municípios do AM movimentaram 900 kg de pescado de janeiro a junho

01:40 Economia, Notícias 12/12/2019 - 19h38 Brasília Embed

Renata Martins

Quase 900 toneladas de pescado chegaram aos municípios de Tefé, Fonte Boa e Santo Antônio do Içá, no Amazonas, nos seis primeiros meses de 2019.

 

Os dados estão no Boletim do Desembarque Pesqueiro, do primeiro semestre desde ano, feito pelo Instituto Mamirauá.

 

O número revela a alta produção pesqueira do médio e alto Solimões.

 

Em Fonte Boa e Santo Antônio do Içá o pescado chega, quase em sua totalidade, em canoas movidas por pequenos motores. Já em Tefé, 25% da produção desembarca em canoas e 66% chega em barco pesqueiro.

 

O levantamento também apontou as principais espécies e o preço médio de venda desse pescado, nos três municípios.

 

Jaraqui e o tambaqui estão entre os peixes mais encontrados nos mercados da região. Mas é o Curimatá ou Curimatã a espécie com maior produção desembarcada, mais de 240 toneladas.

 

O boletim divulgou ainda o preço médio do produto.

 

O tambaqui filé foi comercializado, em Tefé, por R$ 10 o quilo. A dourada, em Fonte Boa, custou mais de R$ 11. Mas o consumidor também pode comprar a traíra por pouco mais de R$ 1 o quilo. Em média, o valor do pescado ficou por cerca de R$ 4, o quilo.

 

O levantamento do Intituto Mamirauá pretende orientar os segmentos envolvidos com a pesca local e embasar as medidas de gestão dos recursos pesqueiros.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique