Dados da FGV mostram que IGP-M registrou alta de 7,81% em 12 meses

01:52 Economia, Notícias 30/01/2020 - 15h34 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

O IGP-M, Índice Geral de Preços – Mercado, variou 0,48% em janeiro. A taxa ficou bem abaixo da registrada em dezembro do ano passado quando registrou 2,09%. Mas, nos últimos 12 meses, o índice que serve como referência para o reajuste dos contratos de aluguel, acumula alta de 7,81%.

 

De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (30), pela Fundação Getulio Vargas (FGV), a desaceleração do IGP-M em janeiro foi puxada pela queda dos preços no atacado e no varejo e a maior contribuição veio do comportamento do preço das carnes, especialmente a bovina.

 

Na avaliação do economista e coordenador do Índice Preços ao Consumidor da FGV, André Braz, essa foi uma boa notícia pois reduziu também a pressão do preço da carne ao consumidor.

 

Braz se mantém otimista de que, em fevereiro, essa descompressão vai continuar e acredita que assim o IGP pode até registrar taxa negativa.

 

O economista lembrou que nos últimos 12 meses a carne bovina ficou 29,98% mais cara e somente em janeiro deste ano, o preço já caiu 5,83%.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique