Witzel pede ações concretas para ajudar economia fluminense

02:01 Economia, Notícias 26/03/2020 - 20h37 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse nesta quinta-feira (26) que espera que o Governo Federal apresente, até a próxima segunda-feira (30), ações concretas para ajudar a economia fluminense durante o período de restrições por conta da Covid-19.

 

Segundo o governador, na reunião via teleconferência dessa quarta-feira (25), o ministro da Economia Paulo Guedes sinalizou que anteciparia recursos do leilão da Cedae, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos.

 

Na quarta-feira (25) o governador determinou o contingenciamento, em caráter emergencial, de R$7,6 bilhões, além da suspensão por tempo indeterminado de todas as novas despesas de caráter não essencial, com o objetivo de fazer frente à redução de arrecadação provocada pela pandemia de coronavírus e pela redução do preço do barril de petróleo no mercado internacional.

 

Witzel afirmou que o governo federal é o único que tem condições de socorrer o estado. O governador reiterou que o isolamento social é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde, do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e do secretário de Saúde. Ele avaliou, no entanto, que houve uma repentina mudança de postura do ministro.

 

Witzel disse que a absoluta  prioridade do Rio no momento é salvar vidas e que no próximo dia 4 de abril vai fazer uma avaliação da curva do vírus no estado com o secretário de saúde para estabelecer as próximas medidas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique