Pesquisa aponta melhora no ensino da matemática no Brasil

01:18 Educação, Notícias 10/02/2016 - 20h57 Bonn Embed

Aline Moraes

Na avaliação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a maior parte dos 64 países desenvolvidos ou emergentes envolvidos na pesquisa fez pouco progresso para diminuir a quantidade de estudantes que não aprendem o mínimo necessário na escola.

 

O Brasil é um dos poucos que tiveram melhora, com queda de 18% no número de alunos nessa situação em matemática, nos últimos dez anos. A nota no Programa de Avaliação Internacional (Pisa) também cresceu nesse período e chegou a quase 400 pontos. Mas continua bem abaixo da média geral, de quase 500 pontos. No ranking, o país está entre os seis piores. Peru, Indonésia e Catar aparecem nas últimas posições tanto em matemática quanto em ciências e interpretação de texto. No topo das três áreas estão China, Hong Kong e Coreia.

 

Para a OCDE, investir em educação significa ter retorno econômico a longo prazo. A entidade estima que, se até 2030, todos os alunos na faixa dos 15 anos atingirem o nível mínimo de conhecimentos, a economia dos países crescerá em 50%.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique