Professores do Rio protestam contra retirada à força de estudantes da secretaria

02:12 Educação, Notícias 24/05/2016 - 20h47 Rio de Janeiro (RJ) Embed

Joana Moscatelli

Após assembleia realizada na quadra da Escola de Samba São Clemente, na Cidade Nova, no Centro do Rio de Janeiro, os professores caminharam em direção à Secretaria de Educação do Estado, no Santo Cristo.

 

De acordo com a professora Claudia Araujo, a caminhada foi um protesto contra a retirada violenta de estudantes da sede da secretaria na madrugada do último sábado.

 

A coordenadora geral do Sindicato dos Profissionais de Educação Dorotéia Frota contou que durante a assembleia realizada nesta terça-feira os professores votaram pela continuidade da greve.

 

A greve dos professores começou no dia 2 de março. Entre as demandas do movimento estão também o retorno do calendário de pagamento no segundo dia útil do mês para aposentados e ativos e o fim do parcelamento de salários.

 

Desde o dia 21 de março, mais de 60 escolas estaduais também foram ocupadas por alunos em apoio a greve dos professores e por melhorias no ensino público. Em nota, a Secretaria de Educação comentou que no sábado em torno de dez estudantes se recusaram a sair da secretaria e impediram o livre trânsito de funcionários.

 

Ainda segundo o comunicado oficial, a retirada à força dos alunos foi baseada no mecanismo da "Autotutela" previsto no Código Civil para preservar a posse dos bens públicos e a segurança dos funcionários da secretaria.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique