Pessoas privadas de liberdade já podem se inscrever no Enem

01:28 Educação, Notícias 21/09/2016 - 10h15 Brasília Embed

Danyele Soares

O Ministério da Educação dilvulgou hoje (21) o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medidas socieducativa.


As provas serão aplicadas nos dias 6 e 7 de dezembro nas unidades prisionais. Para se inscreverem, os interessados devem solicitar ao responsável pedagógico da unidade que faça a adesão ao exame entre os dias 3 e 21 de outubro.


A estrutura da seleção é igual a do Enem geral: são quatro provas objetivas e uma redação. Os testes incluem disciplinas como História, Geografia, Filosofia, Química, Língua Portuguesa, Artes, Educação Física e Matemática.


O aluno pode optar por Inglês ou Espanhol no exame de Língua Estrangeira.


No ano passado, cerca de 45 mil presos se inscreveram no Enem, sendo 42 mil adultos que estão em penitenciárias estaduais, cerca de 120 detentos de unidades federais e 3 mil jovens infratores.

 

* Matéria atualizada às 10h48 de 21/09/16 para acréscimo de informações.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique