Mesmo com manutenção do movimento grevista, Uerj inicia ano letivo de 2017

01:33 Educação, Notícias 21/08/2017 - 16h15 Rio de Janeiro Embed

Tatiana Alves

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) voltou às aulas nesta segunda-feira (22). Neste primeiro dia de retorno, havia poucos alunos no campus Maracanã, já que nem todos os cursos retomaram as atividades devido às condições nas unidades.

 

A manutenção e infraestrutura da universidade se encontram comprometidas, e a instituição de ensino opera com menos funcionários do que deveria, devido a falta de regularidade no pagamento de terceirizados e empresas.

 

Entre as reivindicações, está o pagamento do décimo terceiro salário dos servidores do ano passado e de bolsas estudantis, além da divulgação de um calendário de pagamento dos próximos salários para que todos os concursados recebam no mesmo dia.

 

Para o professor do curso de medicina do campus Maracanã, Eduardo Torres, o panorama ainda é de incerteza, e, mesmo após a regularização dos salários dos servidores, muitos professores optaram por continuar em greve.

 

Sonora: “Não tem condições de nós voltarmos, não só por uma questão objetiva, mas por uma questão política, o retorno das aulas, num momento em que a universidade sofre ainda um ataque muito duro do governo do estado.”

 

Em nota, o governo do estado diz que está renegociando as dívidas com as empresas terceirizadas até que o débito seja totalmente quitado. Sobre a igualdade na data de pagamento dos servidores, não foram dadas respostas até o fechamento desta matéria.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique