Polícia Federal ouve 31 pessoas por suspeita de fraude no Enem

01:48 Educação, Notícias 13/11/2017 - 09h04 Brasília Embed

Renata Martins

Trinta e uma pessoas saíram da prova e tiveram que prestar depoimento à Polícia Federal por suspeita de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A Operação Passe Fácil, desencadeada neste domingo (12), cumpriu 62 mandados, sendo 31 de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva. Ninguém foi preso na ação.

 

Segundo o delegado da Polícia Federal Franco Perazzoni, durante depoimento, uma mulher confessou ter participado da fraude. O esquema funcionava da seguinte forma: especialistas em determinadas áreas, chamados de pilotos, faziam as provas e repassavam os gabaritos aos candidatos que os contrataram.

 

A ação ocorreu em 14 unidades da federação: Pernambuco, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte e São Paulo e Distrito Federal.

 

O delegado Franco Perazzoni destaca que alguns investigados já tinham histórico de envolvimento com fraudes. No meio da semana, outra operação prendeu cinco pessoas no Ceará por fraude no Enem em anos anteriores.