Prova do Enem será reaplicada para cerca de 3,5 mil candidatos no dia 12 de dezembro

02:22 Educação, Notícias 12/11/2017 - 23h11 Brasília Embed

Renata Martins

O número de faltosos aumentou no último dia de realização do Exame Nacional do Ensino Médio de 2017.

 

Os ausentes da prova deste domingo de matemática e ciências da natureza somaram 32 % dos inscritos.

 

No Amazonas, onde choveu forte nesse domingo, o índice de abstenção foi de quase 43%.

 

Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, as abstenções estão dentro da média histórica.

 

Os números preliminares, apontam que média de abstenção deste ano é a maior desde 2009.

 

Quem conseguiu o benefício da isenção da taxa de R$ 82 vai ter que justificar a ausência, para não perder a gratuidade caso queira fazer novamente a prova. 

 

Por outro lado, o ministro da Educação anunciou que quem for aprovado no Encceja - Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, no próximo dia 19, terá gratuidade no Enem de 2018.

 

853 candidatos foram eliminados. O número é inferior a outras edições.

 

A principal causa de eliminação foi o descumprimento de regras do edital, como portar dispositivos eletrônicos.

 

O ministro da Educação classificou o Enem 2017 o mais seguro de todos os anos, com poucas ocorrências.

 

O ministro destacou a aplicação da prova em dois domingos se mostrou viável.

 

A prova será reaplicada no dia 12 de dezembro para cerca de 3,5 mil candidatos que tiveram problemas para realizar a primeira etapa do exame. A grande maioria dos casos ocorreu porque os locais de prova ficaram sem energia.

 

Para os mais de 4,5 milhões candidatos que fizeram as provas, o gabarito oficial deve sair até a a próxima quinta-feira no site do oficial do Enem.