Estudantes da UnB desocupam prédio da reitoria; acordo com universidade é temporário

02:12 Educação, Notícias 30/04/2018 - 16h09 Brasília Embed

Dayana Vítor

A desocupação da reitoria da Universidade de Brasília (UnB), nesta segunda-feira (30), foi tranquila. Cerca de 100 alunos retiraram calmamente roupas, alimentos, panelas, colchões do prédio. O processo durou mais de uma hora e meia.

 

Em alguns momentos, os estudantes gritaram palavras de ordem contra servidores da reitoria. Em vistoria, representantes da universidade verificaram que alguns vidros foram quebrados. Os manifestantes deverão consertá-los. Os ocupantes deveriam ter saído do prédio na última quinta-feira (26), mas continuaram no local. No final de semana, eles negociaram com a reitoria a desocupação para esta segunda-feira.

 

A UnB se comprometeu a revisar contratos dos serviços terceirizados, interromper avisos prévios de funcionários e estagiários, revisar os aumentos no Restaurante Universitário, não cortar assistência aos estudantes, entre outros pontos.

 

O chefe de gabinete da reitoria, Paulo César Marques, explica que todos os contratos poderão ser revistos. Segundo ele, será feito o possível para preservar empregos.

 

Um estudante que estava na ocupação e não quis se identificar esclarece que o acordo com a universidade é temporário. De acordo com ele, não houve o compromisso de não promover demissões, apenas que os avisos serão cancelados.

 

A ocupação da reitoria começou no dia 12, após a UnB informar que realizaria cortes para reequilibrar as contas. A instituição alega que terá um rombo de R$ 92 milhões neste ano.

 

Entre as medidas anunciadas estavam demissão de terceirizados, de estagiários, aumento do preço das refeições no Restaurante Universitário, entre outros pontos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique