História Hoje: O dia em que as forças armadas alemãs assinaram a rendição do Terceiro Reich

02:09 Educação, Programetes 08/05/2018 - 07h02 Brasília Embed

Apresentação Dilson Santa Fé

Em 8 de maio de 1945, o alto comando da Wehrmacht, as Forças Armadas da Alemanha de Hitler, assina, em Berlim, a rendição incondicional do Terceiro Reich.

 

Era o fim da 2ª Guerra Mundial na Europa depois de sangrentos cinco anos e meio. O anúncio do locutor do Reich, na manhã seguinte, trouxe alívio aos sobreviventes, que respiraram aliviados.

 

A liderança nazista estava cega depois das vitórias-relâmpago sobre a Polônia, a França e a Noruega – um delírio provocado também pelo ataque à União Soviética, em 1941, considerado parte de fáceis conquistas militares. 

 

Até os esmagadores sucessos iniciais da Operação Barba Ruiva, nome secreto do assalto alemão à União Soviética, parecia levar a crer que o Reich teria mais um triunfo militar – ocasião em que muitos generais acreditavam no sucesso militar da ofensiva, mas, no momento da rendição do 6º Exército, em Stalingrado, sobraram poucos otimistas ainda convictos de um fim vitorioso para a Alemanha de Hitler.

 

A derrota das tropas alemãs na África do Norte e do desembarque dos aliados na Normandia, em junho de 1944, mudaram o destino militar do Exército alemão. O que todos os boletins oficiais das Forças Armadas sempre haviam omitido passou a ficar claro, gradualmente, a partir de 8 de maio de 1945.

 

Além dos monstruosos danos materiais e da destruição irreparável de obras de arte, a grande guerra consumiu 55 milhões de vidas humanas.

 

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores