UFRJ defende manutenção do Museu Nacional como parte da universidade

01:20 Educação, Notícias 09/09/2018 - 11h23 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

A reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro respondeu ao que chamou de especulações sobre a desvinculação do Museu Nacional da universidade.

 

O texto afirma que qualquer medida nesse sentido fere a autonomia universitária e ressalta que o Museu não é um instituição dedicada exclusivamente à guarda de acervo, mas também à produção de conhecimento e ciência de ponta.

 

A nota ressalta que a produção acadêmica do museu tem reconhecimento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nivel Superior, a Capes, como nota 7, o maior índice de avaliação possível para uma instituição acadêmica no Brasil e que se trata de uma unidade de ensino pesquisa e extensão, características que não são dissociáveis como prevê o artigo 207 da Constituição Federal.

 

O texto finaliza expressando que o corpo de docentes, pesquisadores e estudantes jamais poderia se submeter a uma Organização Social.

 

A Polícia Federal continua o trabalho de perícia sobre as causas do incêndio do ultimo dia dois de setembro, que comprometeu quase a totalidade do acervo do museu, e ainda não informou nenhuma conclusão da investigação.