Alunos participam de eleição simulada para projeto de escola do DF

02:38 Educação, Notícias 05/10/2018 - 17h03 Brasília Embed

Dayana Vitor

Como votar de forma consciente foi a principal lição aprendida pelos 327 alunos da Escola Classe da 314 Sul, com idade entre seis e onze anos, que participaram nesta sexta-feira de uma eleição simulada na instituição de ensino. Eles votaram em chapas de estudantes que vão exercer, no dia 9 de outubro, os cargos de diretor, vice, supervisor e secretário da escola. A eleição é parte do projeto Diretor Mirim por um dia.

 


Além dos alunos, 48 funcionários da instituição também participaram da escolha das chapas com as melhores propostas.

 


A diretora da escola, Sandra Niel, detalha alguns pontos trabalhados com os alunos durante o projeto.

 

A aluna Ketlen Martins, de oito anos, escolheu a chapa da colega Natália, porque gostou muito da proposta das aulas de reforço.

 


Já Natan Duarte, também de oito anos, votou na chapa que propôs a divisão do recreio por séries.

 

 

Natália Dantas, de nove anos, que concorreu ao cargo de diretora, diz que com o projeto Diretor Mirim por um Dia aprendeu que, para escolher um candidato, é necessário analisar bem as propostas.

 

E durante a campanha para a eleição desta sexta-feira, alguns candidatos cometeram irregularidades. Uns prometeram pagar um real ou dar doces para os eleitores que votassem neles. Houve até casos de candidatos que queriam utilizar a máquina de cópias para imprimir santinhos das campanhas. Diante dos fatos, a escola ensinou que todas essas práticas são ilegais e em uma eleição real seriam consideradas crimes.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.