Número de redações zeradas do Enem 2018 é três vezes menor

01:55 Educação, Notícias 18/01/2019 - 15h59 Brasília Embed

Dayana Vítor

Mais de 112 mil participantes zeraram a prova de redação do Enem 2018. Os principais motivos para a nota baixa foram redações em branco, fuga ao tema e cópia do texto motivador. Mas, na edição de 2017, o número de redações nota zero foi bem maior: cerca de 300 mil.

 

Outra boa notícia das provas do ano passado foi o maior número de candidatos que obtiveram nota máxima na redação: 55. Em 2017, 53 participantes tiraram mil na dissertação.

 

Os resultados foram divulgados hoje (18) pelo Ministério da Educação. A consulta pode ser feita pela página do participante e também pelo aplicativo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

 

No ano passado, mais de 4 milhões de estudantes participaram do Enem em todo o país. A média geral das provas de linguagens, códigos e suas tecnologias foi de 526 pontos. Nas provas de matemática e suas tecnologias, foi de 535. Já em ciências da natureza e suas tecnologias, ficou em 493.

 

As notas do Enem podem ser utilizadas para acesso ao ensino superior público e privado. Em etapas posteriores, o participante poderá usar a média do Enem para concorrer a vagas em universidades públicas pelo Sistema Único de Seleção Unificada (Sisu), bolsas integrais ou parciais em faculdades particulares pelo Programa Universidade paras Todos (Prouni), ou a auxílio financeiro para pagar o curso superior pelo Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique