Inep quer tornar obrigatória identificação por foto de inscritos do Enem em 2020

02:35 Educação, Notícias 25/10/2019 - 16h58 Brasília Embed

Dayana Vitor

Falta pouco para o Enem, que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro em mais de 1,7 mil municípios em todo Brasil. O presidente do INEP, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Alexandre Lopes, responsável pelo exame, afirmou em entrevista para os veículos da Empresa Brasil de Comunicação que a ideia é tornar a identificação dos inscritos por foto obrigatória em 2020. Neste ano, ela é optativa.


“A questão da foto a gente colocou de forma opcional para testar o sistema e ver como funciona. A ideia que é que seja obrigatória a partir do no que vem. Isso é para facilitar a verificação da identidade do aluno. Hoje a gente recolhe a impressão digital. Num primeiro momento é mais para que se possa identificar o aluno assim que ele fez a inscrição”.


Segundo Alexandre Lopes, uma novidade do exame neste ano é que os documentos de identificação vencidos serão aceitos. Ele ainda comentou outras mudanças nas provas desta edição.


“Nós estamos permitindo este ano o uso do implante coclear para os alunos que precisam e manifestaram a necessidade durante a inscrição. Também estamos reforçando a segurança. É muito importante lembrar do celular, mas não é só ele. Qualquer dispositivo eletrônico que toque durante a prova, mesmo guardado no saquinho embaixo da cadeira, vai levar à eliminação do aluno”.


O presidente do Inep afirmou que nesta reta final do Enem, o mais importante é ter tranquilidade. Ainda deu algumas dicas aos candidatos.


“Que se alimente bem, durma bem na véspera da prova. Procure conhecer o local de prova com antecedência, para que ele não fique perturbado com isso no dia da prova, que ele consiga chegar com antecedência para fazer a prova com tranquilidade”.

 

As provas nos dias 3 e 10 de novembro vão começar 13h pelo horário de Brasília. Mas os portões dos locais de aplicação dos testes vão abrir uma hora mais cedo.


É importante lembrar que no Brasil existem fusos distintos. Por exemplo, no Acre e em 13 municípios do Amazonas, os portões vão abrir às 10h.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique