Alunos novatos poderão pedir vaga em escolas cívico-militares do Tocantins

01:32 Educação, Notícias 02/11/2019 - 10h18 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

A partir do próximo ano, as escolas do modelo cívico-militares do Tocantins não terão mais processo seletivo para o ingresso nas unidades.

 

O Governo do Estado informou que os alunos novatos poderão solicitar matrícula pela internet ou pelo telefone, da mesma forma como ocorre nos demais colégios da rede pública.

 

Se o número de inscritos for maior que o de vagas, o sistema, de forma automática, realiza sorteio entre os interessados, dando prioridade aos estudantes com necessidades especiais.

 

Atualmente, também é usado como critério de prioridade para matrícula o fato de o interessado já ter um irmão na unidade, além da ordem de chegada dos pedidos, para matrícula.

 

No entanto, a assessoria da Secretaria de Educação informou que novos critérios devem ser definidos para o ano letivo de 2020.

 

O Tocantins conta com 12 colégios administrados por militares. Desses, seis já não solicitavam processo seletivo para ingresso na unidade. Segundo o governo, o objetivo seria democratizar o acesso a esse modelo de escola.

 

Esses colégios possuem um diretor e uma equipe disciplinar da Polícia Militar do Estado. Já toda a coordenação pedagógica e a equipe docente é formada por servidores civis da Secretaria Estadual de Educação.

 

Os atuais alunos dos Colégios Militares terão as vagas garantidas pelo processo de renovação de matrícula. Mais de 7,6 mil alunos estudam nessas escolas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique