Enem 2019 tem menor abstenção da história

02:06 Educação, Notícias 03/11/2019 - 22h08 Brasília Embed

Lucas Faria

O Exame Nacional do Ensino Médio teve a menor abstenção da história. O dado foi divulgado na entrevista coletiva concedida pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, após o termino do primeiro dia do exame. De acordo com o balanço, um milhão e duzentas mil pessoas não compareceram aos locais de prova, o que representa cerca de 23% do total de inscritos.

 

Trezentas e setenta e seis pessoas foram eliminadas em todo o país por descumprirem regras do edital. Para o Ministro Abraham Weintraub, o Enem transcorreu com tranquilidade.

"Foi um sucesso, deu certo... foi o mais baixo em termo de custo por aluno e o mais baixo em termos de problemas", afirmou o ministro.

 

Apesar de ter sido vazada uma foto da prova de redação, o ministro garantiu que nenhum candidato foi prejudicado. A suspeita é de que um aplicador tenha pegado a prova de um candidato ausente e divulgado nas redes sociais. Weintraub afirma que o autor do vazamento responderá judicialmente pela divulgação.

 

"Ele vai ter que responder pela ação. Houve a tentativa de colocar em xeque o Enem. Ele está mexendo com a vida de cinco milhões de pessoas", declarou o ministro.

 

No próximo domingo, dia 10, os candidatos realizarão a segunda etapa do Exame. Desta vez, serão cobrados conteúdos de Ciências da Natureza e Matemática. E no dia 13 de novembro, quarta-feira, os participantes terão acessos aos gabaritos oficiais da prova pelo portal do Inep, no endereço inep.gov.br, ou pelo aplicativo do Enem.

 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique