Procon MT começa a notificar 22 escolas particulares

02:24 Educação, Notícias 20/12/2019 - 15h19 Brasília Embed

Bianca Paiva

De olho em cobranças abusivas no período de matrículas e rematrículas para 2020, o Procon Mato Grosso iniciou este mês a notificação de 22 escolas particulares de Cuiabá e Várzea Grande, selecionadas por amostragem. O órgão de Defesa do Consumidor está verificando o reajuste das mensalidades e a lista de material escolar.

 

Segundo a secretária adjunta do Procon, Gisela Simona, a lei permite que as instituições aumentem os valores a cada ano, desde que justifiquem a necessidade.

 

As escolas particulares precisam apresentar ao Procon documentos para que o reajuste seja analisado, como: contrato de prestação de serviços, valor das matrículas e mensalidades escolares dos anos letivos de 2019 e 2020 e planilha de custos.

 

De acordo com Gisela, o órgão também está verificando a lista de material escolar para evitar a cobrança de itens que não são de uso exclusivo do aluno.

 

A fiscalização do Procon nas escolas particulares de Cuiabá e Várzea Grande vai continuar nas próximas semanas, mesmo com o período de festas de fim de ano. O resultado será divulgado em janeiro.

 

Em caso de irregularidades, as instituições de ensino são notificadas para fazer as correções e estão sujeitas a multa administrativa, que pode variar de R$ 300 a R$ 3 milhões.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique