Aberta inscrição de pré-vestibular para estudantes da rede pública; professores são ex-alunos da UnB

02:22 Educação, Notícias 27/01/2020 - 14h33 Brasília Embed

Pedro Nascimento*

O programa Vestibular Cidadão, criado por alunos da Universidade de Brasília, está com inscrições abertas no Distrito Federal. O prazo vai até o dia 5 de fevereiro. O projeto oferece aulas de graça para estudantes de escolas públicas que vão fazer o vestibular.

 

Para participar do processo seletivo é preciso ser aluno do terceiro ano do ensino médio ou já ter se formado em uma escola pública ou ter recebido bolsa integral em escolas particulares. O projeto também está selecionando professores voluntários. Para eles, o prazo de inscrições vai até o dia 10 de fevereiro.

 

A prova de seleção para o curso preparatório deve ocorrer no dia 8 de fevereiro. Já nos dias 15 e 16, serão realizadas as entrevistas individuais.

 

Os alunos aprendem sobre todas as disciplinas, e as aulas são de segunda a sábado, como explica o professor Vinicius Machado, responsável pelo projeto.

 

Sonora: “São todas as nossas disciplinas. A gente tem uma estrutura adequada para receber esses alunos com aulas de segunda a sábado, realização de simulados, lista de exercícios... E a gente dá todas as disciplinas com foco no Enem. Os nossos professores têm um certo preparo e a gente consegue atender a demanda desses alunos."

 

As aulas estão previstas para começar no dia 29 de fevereiro e vão até a data do Enem, previsto para outubro e novembro. Segundo o Ministério da Educação, neste ano, haverá dois tipos de provas,  uma delas digital.

 

O Vestibular Cidadão foi criado em 2003. A iniciativa oferece aulas preparatórias para estudantes da rede pública ou com bolsa integral em escolas particulares que não tem condições de pagar por um cursinho preparatório para o Enem.

 

É o caso da estudante Sara Brito. Este ano, vai ser a segunda tentativa de entrar no curso de psicologia. Com a ajuda dos professores voluntários ela acredita que agora passa.

 

Sonora: "Nós temos muitos professores disponíveis a nos ajudar. E com uma base que eu não teria em casa estudando sozinha."

 

O único investimento é uma taxa de inscrição, que custa R$ 11. O dinheiro arrecadado é destinado à manutenção do trabalho. Ao todo, são 180 vagas divididas entre os turnos da manhã, da tarde e da noite.  As inscrições devem ser feitas por meio do site "vestibular.com".

 

O projeto recebe por ano 380 alunos e 100 voluntários, e mais de mil estudantes já foram aprovados em universidades públicas.

 

* Estagiário sob supervisão de Leila Santos

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique