Declaração escolar da rede pública do Amapá pode ser retirada pela internet

01:38 Educação, Notícias 24/01/2020 - 17h00 Brasília Embed

Sayonara Moreno

Os estudantes da rede pública do Amapá agora podem emitir a declaração escolar pela internet. O documento é item obrigatório para ter ou renovar o benefício da meia passagem estudantil, e deve ser emitido no site do SigEduc - Sistema Integrado de Gestão da Educação. Com isso, não vai ser mais necessária a assinatura de responsável pela direção ou coordenação da escola.


A Secretaria de Educação informou que, no caso das escolas que ainda estão no período letivo de 2019, o sistema vai emitir as declarações de matrícula daquele ano. Assim, os cartões magnéticos da meia passagem ficam com a validade estendida até o fim do calendário 2019. Só depois, os estudantes devem emitir um novo documento referente a 2020, para renovar o benefício.


Lembrando que o recadastramento está aberto desde 2 de janeiro e deve ser feito até 31 de março. Para isso, o estudante deve ir à sede do Setap, Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Amapá, com os seguintes documentos em mãos: a declaração escolar do SigEduc, o cartão da meia passagem e pagar uma taxa de R$ 10.


Para novos cadastros, o sistema fica disponível durante todo o ano. Neste caso, serão necessárias a declaração escolar, carteira de identidade ou certidão de nascimento, cópia do comprovante de residência e pagar uma taxa de R$ 15.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique