Senado aprova projeto que permite punição a torcida organizada

01:24 Esporte, Notícias 31/10/2019 - 09h33 Brasília Embed

Lucas Pordeus Léon

O plenário do Senado aprovou projeto de lei que endurece regras para torcedores e torcidas organizadas que praticarem atos de violência. O texto aumenta de três  para cinco anos a punição de afastamento dos locais dos jogos para os torcedores que participarem de atos de invasão de treinos, confronto com outros torcedores ou agressões a atletas.

 

O projeto de lei também permite aplicar a punição mesmo se os atos ocorrerem longe dos centros esportivos ou das datas dos eventos. A relatora do projeto é a senadora do Distrito Federal, Leila Barros, do PSB.

 

A matéria agora segue para sanção presidencial.

 

O Estatuto do Torcedor, sancionado em 2010, já pune a torcida organizada que promover tumulto; praticar ou incitar a violência; ou invadir local restrito aos competidores, árbitros, dirigentes ou jornalistas. Porém, havia uma lacuna na lei sobre punições para as torcidas de atos praticados fora dos ambientes esportivos.

 

Da Rádio Nacional em Brasília, Lucas Pordeus León.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique