Corpo de engenheiro será mantido congelado nos Estados Unidos

01:39 Geral, Notícias 21/08/2014 - 10h56 Rio de Janeiro Embed

Dylan Araújo

Os desembargadores da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiram nesta quarta-feira (20) manter congelado nos Estados Unidos o corpo do engenheiro Luiz Felipe Dias de Andrade Monteiro, até que se esgotem os recursos jurídicos na apreciação do processo. Na sessão, os magistrados destacaram que o caso é sem precedentes na Justiça.

O engenheiro morreu em 2012 no Rio de Janeiro e seu corpo foi trasladado cinco meses depois para Detroit, nos Estados Unidos, onde é mantido em uma cápsula de hidrogênio de uma empresa da cidade. O traslado foi feito por Lígia Cristina de Mello Monteiro, filha do segundo casamento do engenheiro. As duas filhas do primeiro casamento dele, Carmem Sílvia Monteiro Trois e Denise Nazaré Bastos Monteiro, não concordam e afirmam que Luiz Felipe queria ser enterrado no cemitério de Canoas, no Rio Grande do Sul, onde está sepultada a mãe delas.

Leia mais na Agência Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique