Meta de refrigeração em todos ônibus do Rio pode não ser alcançada

01:43 Geral, Notícias 06/01/2015 - 19h54 Rio de Janeiro Embed

Nanna Pôssa

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, admitiu nesta terça-feira que a meta de colocar ar-condicionado em todos ônibus até o fim 2016 pode não ser cumprida. Atualmente menos de 21% da frota é climatizada.

 

Para Eduardo Paes, se 80% dos ônibus tiverem refrigeração já é um avanço.

 

SONORA

 

Em 2012 o prefeito tinha prometido que em 4 anos, toda a frota do Rio de Janeiro teria ar-condicionado.

 

Desde sábado o preço do ônibus subiu de 3 reais para 3 reais e 40 centavos.

 

Seis centavos do aumento serão usados para financiar a compra de cerca de mil e 500 ônibus com refrigeração.

 

O secretário municipal de transportes, Rafael Picianni, defende que o custo do ar-condicionado seja repassado para o usuário.

 

SONORA

 

Os outros 13 centavos do aumento da tarifa acima da inflação foram justificados pelo pagamento da gratuidade para os estudantes da rede pública.

 

A prefeitura afirma que o acréscimo foi necessário porque a Secretaria Municipal de Educação não pode mais repassar R$ 60 milhões para as concessionárias, por determinação do Tribunal de Contas do Município.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique