Venda de ar-condicionado cresce 5% no Distrito Federal

02:10 Geral, Notícias 20/01/2015 - 20h19 Brasília Embed

Priscila Rangel

No verão as temperaturas sobem e os brasilienses sentem o aquecimento no bolso. Com registro de temperaturas cinco graus acima do esperado, o jeito é buscar opções para se refrescar, mas sem descuidar do orçamento.

 

O aparelho de ar-condicionado é o sonho de consumo de muitos nessa época do ano. Custa a partir de mil reais e pode representar um aumento na conta de energia elétrica de 50 a 85 reais por mês, de acordo com a potência do produto, se ficar ligado em média 8 horas por dia.

 

O ventilador consome menos energia e pode ser comprado por 60 reais, no caso de um modelo mais simples.

 

Mas tem gente que prefere fugir do calor fora de casa, em atividades aquáticas por exemplo.

 

Nesse caso, gastando 50 reais em média, é possível praticar por uma hora o esporte do momento Stand up Padle, mais conhecido como SUP, no Lago Paranoá.

 

Vale também passear de canoa no Lago, com as crianças, por 25 reais.

 

Priscila dos Santos Mendes, de 28 anos, mora em Brasília e percebeu aumento nos gastos da família com a chegada do verão.

 

SONORA

 

O professor de finanças do Ibmec, José Kobori, afirma que com um pouco de disciplina é possível escapar do calor sem gastar muito.

 

SONORA

 

As vendas de ventiladores no Distrito Federal cresceram 2 por cento no início do mês em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Sindicato do Comércio Varejista. 

 

No caso dos aparelhos de ar-condicionado o incremento nas vendas foi de 5 por cento.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique